A Chuva da Provisão

 

“Fez chover maná sobre o povo para que se alimentassem, deu-lhes trigo do céu… Então, fez chover carne sobre eles como grãos de areia, bandos de aves como a areia da praia. Levou-as a cair dentro do acampamento, ao redor de suas tendas. Comeram até se fartarem, e assim Ele satisfez o desejo do coração deles” (Salmo 78:24-29).

Deus é provedor de toda a Sua criação. Israel saíra do Egito, terra de escravidão. Partia para Canaã, terra da promessa. Mas o deserto estava entre as duas. E é nesse deserto que Yahweh revela Seu cuidado protetor, trazendo toda sorte de provisão. Moisés usa a figura da chuva: “Eis que vos farei chover pão dos céus…” (Êxodo 16:4). “Fez chover maná sobre o povo para que se alimentassem!” “Tu, ó Deus, mandaste a chuva em abundância, confortaste a tua herança, quando estava cansada” (Salmo 68:9).

Nós precisamos da chuva da provisão de Deus em nossas vidas. Assim como Ele fez chover maná e carne para o povo de Israel quando eles estavam no deserto e satisfez suas necessidades, Ele o fará conosco. Quando colocamos o Seu Reino em primeiro lugar em nossas vidas e O deixamos estar no controle de tudo, Sua promessa nos garante o suprimento de todas as nossas necessidades.
Calem fundo em nossos corações as palavras de Jesus em Mateus 6:25-34. Elas falam por si sós.

“25Portanto, vos afirmo: não andeis preocupados com a vossa própria vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais do que as roupas? 26Contemplai as aves do céu: não semeiam, não colhem, nem armazenam em celeiros; contudo, vosso Pai celestial as sustenta. Não tendes vós muito mais valor do que as aves? 27Qual de vós, por mais que se preocupe, pode acrescentar algum tempo à jornada da sua vida? 28E por que andais preocupados quanto ao que vestir? Observai como crescem os lírios do campo. Eles não trabalham nem tecem. 29Eu, contudo, vos asseguro que nem Salomão, em todo o esplendor de sua glória, vestiu-se como um deles. 30Então, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada ao fogo, quanto mais a vós outros, homens de pequena fé? 31Portanto, não vos preocupeis, dizendo: Que iremos comer? Que iremos beber? Ou ainda: Com que nos vestiremos? 32Pois são os pagãos que tratam de obter tudo isso; mas vosso Pai celestial sabe que necessitais de todas essas coisas.33Buscai, assim, em primeiro lugar, o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas. 34Portanto, não vos preocupeis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará suas próprias preocupações. É suficiente o mal que cada dia traz em si mesmo.”

Maravilhosa Palavra, que infunde em nós confiança e o gozo da certeza de que nada nos faltará. Por isso Paulo proclama com segurança: “Mas o meu Deus suprirá todas as vossas necessidades, em conformidade com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus” (Filipenses 4:19).

Um dos nomes redentivos de Deus é “Yahweh Jireh!” PROVEDOR! Não importam as necessidades, Ele fará chover sua miraculosa provisão. Talvez o ansioso cuidado de ontem se expandiu para a necessidade premente de hoje. O problema que estava perto; chegou; a necessidade tornou-se urgente. Mas não é o fim! A vida que Deus quer para Seu povo não é guiada pelo que vemos ou sentimos, mas é uma jornada de fé, não para o amanhã, mas para o hoje.

Para a maior parte, Ele permitirá que nada tenham em mãos, para que não prejudique a simplicidade, e interfira no funcionamento de sua fé. Como a pobre viúva, cujo pouco de óleo Deus aumentou, por instrução do profeta Eliseu, muitas vezes somos levados a exclamar: “Tua serva nada tem em casa, senão uma botija de azeite.” Todavia nosso querido Senhor reconhece nossa vida diária de fé e ensina-nos a oração diária: “O pão nosso de cada dia, dá-nos HOJE!”

Deixe sua alma ancorar-se sobre esta verdade: “Deus é minha fonte de Provisão. Ele é meu Provedor!” E ainda que os ventos soprem violentos, as ondas do mar da vida rujam e os céus escureçam, você não será abalado. As necessidades podem ser gigantes e seus recursos inexistentes. Ainda assim a alma crente pode agarrar-se a Yahweh Jireh e receber a chuva da provisão de Suas mãos paternais, que se importa conosco e tudo nos provê.

Share Button

About author

You might also like

Mensagens

Ore pelo Brasil

A apóstola Valnice Milhomens ministrou no culto Homens e Mulheres Diante do Trono Ela esteve na Igreja Batista da Lagoinha, em BH/MG, convocando toda Igreja Brasileira para participar dos 40

Share Button
Mensagens

Ano do Jubileu é uma ocasião especial no calendário Bíblico

Ano do Jubileu é uma ocasião especial no calendário Bíblico. Ocorre a cada 50 anos e está especialmente descrito no capítulo 25 do Livro de Levítico. O ano hebraico de

Share Button
Mensagens

Por caminhos que nem sempre compreendemos

Por caminhos que nem sempre compreendemos, Deus está sarando a nossa Terra. Está ouvindo o clamor dos santos! Sem paixões partidárias, sem preconceitos ou dedo em riste, mantenhamo-nos em nossa

Share Button